banner2018

banner2018

Seguir

Google+ Followers

IMPERDIVEL!!!!

siga por e-mail

28 de set de 2012

Shifu qual é o melhor, kung fu, karatê, Muay Thai, Jiu Jitsu?

Esta pergunta é a que mais ouço das pessoas quando visitam a minha Associação, pessoas procurando o caminho mais fácil, para quem me conhece, sabe, que depois que alguém me faz uma pergunta eu imediatamente faço outra, querendo saber da pessoa o por que da pergunta, algumas vezes a pessoa esta somente curiosa e outras é o cidadão querendo testar conhecimento e quando me fazem a pergunta sobre a melhor arte marcial é o cidadão esperando É O KUNG FU! então vai a pergunta, qual é o objetivo do seu questionamento: é educacional, marcial, terapêutica ou o que? normalmente a criatura me responde não é só curiosidade, ele esqueceu que curiosidade demais já matou o rato. Mas vamos lá, normalmente respondo que todas as artes marciais ou desportivas de luta são boas, e que o mais importante não é a arte em si, mas quem a ensina, porque normalmente quem a ensina sabe quais são as limitações daquele que está aprendendo e tem uma visão mais alongada do que o seu aluno pode aprender. 
Há um velho poema que diz:

Em uma alma absolutamente livre
De todos os pensamentos e emoções, 
Nem mesmo o tigre encontra espaço
Para cravar suas garras afiadas.

A mesma brisa passa
Pelos pinheiros da montanha
E pelos Carvalhos do Vale;
então, por que produzem sons diferentes?

Nenhum pensamento, nenhuma reflexão, 
Vazio perfeito.
Porém, algo se move ali,
Seguindo seu próprio curso.

Os olhos a vêem,
Mas nenhuma mão pode alcançá-la - A lua no riacho.

Nuvem e névoa
São transformações entre o céu e a terra.
Acima delas, brilham eternamente o Sol e a Lua.

A vitória é para aquele
Que, mesmo antes do combate,
Não pensa em si mesmo, 
Obedecendo à não-mente da Grande Origem

Um monge Taoísta.


O mestre de Artes Marciais mais falado no mundo na atualidade quando se tornou famoso, o Bruce Lee, ainda não tinha concluído todos os seus ensinamentos no Wing Chun e mesmo assim ele já tinha encontrado o caminho para o desenvolvimento da sua arte, o JEET KUNE DO, então dizer que uma determinada arte marcial é melhor que outra é no minimo sofrer de alguma doença da visão, na minha opinião Bruce Lee tinha menos conhecimento de  técnicas do Kung Fu do que os também famosos JET  LI e JACKYE CHAN, porém com o pouco que sabia fez todo um estardalhaço no mundo das Artes Marciais, derrubando conceitos e doutrinas milenares, sendo motivo de admiração e espelho para todos os praticantes de artes marciais do mundo.
Há artes marciais para todos os gostos, algumas pessoas gostam de lutas agarradas outras não, então que cada uma faça aquilo que gosta, se for uma pessoa dedicada com certeza será uma pessoa de sucesso naquilo que escolheu. As vezes algumas pessoas dizem, mas não vejo o Kung Fu no MMA, por que? Eu costumo dizer o seguinte, uma pessoa que treina kung fu tem uma visão diferente da luta em si e é treinada nas Academias para não se deixar levar pelos insultos ou pelas provocações do dia a dia, isto é uma cultura enraizada em nossas Associações pelos nossos Mestres, então fazer com que um artista marcial do kung fu mude essa maneira de pensar leva tempo, mas já tenho visto alguns atletas do Sanda entrando nas lutas de MMA e acredito que com o tempo o KUNG FU também se faça mais presente nessas competições.
O que acho de verdade é: TODAS AS ARTES MARCIAIS QUE TENHAM UM MESTRE QUE POSSUA BOM SENSO E RESPEITO AO PRÓXIMO JAMAIS IRÁ DIRECIONAR SEU ALUNO PARA O CAMINHO DA VIOLÊNCIA, DA ENGANAÇÃO OU DA MARGINALIDADE, pelo contrário tenho ouvido de muitos atletas e artistas marciais por ai o seguinte: GRAÇAS AO MEU PROFESSOR ENCONTREI O CAMINHO DO RESPEITO, DA SAÚDE, DA PAZ, DO AMOR, E DA CONVIVÊNCIA FRATERNA COM TODAS AS PESSOAS.
Então meu amigo se você está procurando uma modalidade de Arte Marcial para bater em alguém está no caminho errado, o melhor é procurar outro caminho...

22 de set de 2012

Matéria sobre a Valeska Silveira da AKWAG no Lance

Matéria que saiu dia 21/09/2012, no Jornal Amazonas Emtempo, sobre a atleta Valeska Silveira, e sua rotina de vida na peparação para participar de competição internacional na China, veja mais no link abaixo.

Quando começou a praticar o kung fu wushu, em 2005, jamais imaginaria que estaria ao status que possui hoje, com vários títulos nacionais e convidada para a participar de uma competição internacional, na China.

Essa é Valeska Silveira, 32, única da Região Norte a representar o Brasil no Festival Zhuodang de Kung Fu Tradicional, que será realizado de 9 a 13 de novembro deste ano, no país asiático.

Veja mais em:http://emtempo.com.br/esportes/17728.html

Sugar Ray e Bruce Lee - Capitulo 3

A conexão de Sugar Ray com as Artes Marciais: A lição mais forte de Ray Leonard com a comunidade marcial foi seu relacionamento com o veterano pioneiro do TaeKwonDo, Jhoon Rhee. Leonard residia próximo a Silver Spring, Maryland, e conheceu Rhee no Touchdown Club, uma organização esportiva de Washington, durante um banquete em sua homenagem por ter vencido os Jogos Olímpicos de 1976.
"Por volta de 1983" - Recorda Jhoon Rhee - "Ray Leonard Junior juntou-se aos meus alunos. De vez em quando Juanita, a esposa de Ray, também tomava lições e ocasionalmente o marido Sugar vinha observar os treinos."
Após quatro meses de treinamento, durante o exame para promoção de faixa, Ray Junior fez uma observação que demonstrou a precocidade de eu desenvolvimento interior. Quando Rhee perguntou à classe: "Quem pode me dizer qual é o propósito da vida humana?", Ray Junior levantou a mão e respondeu: "A felicidade". Por sua inteligente resposta recebeu uma salva de palmas de todos os presentes. Rhee nunca mais esqueceu aquela sábia réplica.
Um dos episódios mais engraçados ocorridos entre Sugar Ray e Jhoon Rhee deu-se quando, ao posar para a capa da revista norte-americana "The Fighter", Leoanrd defrontou-se com um chute lateral alto de Rhee que se deteve a 2,5 cm de seu rosto. Ao sentir a deslocação do ar, instintivamente Leonard deu salto para trás, surpreso e perguntou ao irmão que estava presente: "Você viu isso?". Este replicou: "Sim, aconteceu o mesmo comigo durante uma sessão de aquecimento."
Sugar Ray Leonard, a história notável de como a carreira de um grande astro das artes marciais influenciou a de um dos mais populares lutares de boxe de todos os tempos. Sem dúvida, mais um capítulo do extraordinário legado do IMORTAL BRUCE LEE.

Matéria retirada da Revista Faixa Preta, nº 1, Edição Especial da Revista COMBATSPORT

20 de set de 2012

Sugar Ray e Bruce Lee - Capitulo 2

A influência de Bruce Lee:
Sugar Ray Leonard viu Bruce Lee pela primeira vez nas telas através do filme "Returne of the Dragon" (O Vôo do Dragão) no qual Chuck Norris (então campeão de karatê) empenha-se numa clássica cena de luta filmada no Coliseu Romano. " Vou lhe dizer" - confessa Leonard - " fiquei realmente impressionado com o que vi. Apreciei demais os movimentos de Bruce, sua atitude e as técnicas científicas que exibiu, quis imitá-lo, quis fazer no boxe o que ele fez nos filmes."
 
E isso é exatamente o que aconteceu. Leonard concretizou no ringue o que o Bruce Lee realizou no cinema. A grande diferença, naturalmente, é que as lutas de Lee eram coreografadas enquanto que as de Leonard não o eram. Ao imitar toda a maestria de Bruce Lee, entretanto, Leonard correu o risco de ter sua cabeça arrancada. Não fosse ele um espetacular talentoso lutador, teria sido suicídio desempenhar o estilo de Lee contra um oponente como Robert Duran que, na época, era coisa mais próxima de um matador profissional que a sociedade permitiria.
 
Leonard  admite abertamente ter copiado o estilo e a graça de Bruce Lee, sua velocidade e técnica, refinando esses traços e adaptando-os à própria configuração corporal e talentos naturais: " eu gostava de Lee estar sempre em controle e totalmente confiante." - disse Leonard - "Ele era um cavalheiro, ms sabia o tempo todo que poderia chutar o traseiro de qualquer cara, se fosse preciso. Lee tinhas reflexos incrivelmente rápidos e podia mover-se de tal forma a ponto de desconcentrar o oponente e atingi-lo quando bem lhe conviesse. Em certo sentido, meu jab esquerdo vem dele. Depois de observar Lee tornei-me muito mais preciso ao atingir meus jabs no nariz ou entre os olhos do adversário. Também tirei certos movimentos - tantos ofensivos quanto defensivos de Bruce. Por exemplo, ele deixaria um soco contrário chegar até uma fração de polegada de seu rosto, então desviava e atingia em cheio o oponente. Eu tentei imitar isso e não nego que Bruce Lee representou um papel muito importante em minha carreira profissional como lutador."

17 de set de 2012

SUGAR RAY E BRUCE LEE - CAPITULO 1

"Eu queria fazer no boxe o que o Bruce Lee faz nos Filmes", diz Sugar Ray Leonard, um dos maiores pugilista da história e uma das maiores atrações do mundo esportivo. Neste relato exclusivo, o Rei do Ringue explica como o Rei do Kung Fu influenciou sua carreira e seu estilo de Luta.
Terá isso ajudado Leonard a vencer tõ espetacularmente o não menos formidável Mavin "Marvelous" Hagler?
Antes do seu primeiro afastamento do ringue, ele foi chamado de " a maior atração da história do Boxe" e se ganhos definem sucesso, seu notável salário de 37 milhões de dólares, em 1982, o coloca numa categoria única.
Ele é o incomparável Sugar Ray Leonard, o peso meio-médio que pela primeira vez trouxe dinheiro grande às divisões de peso mais baixas.
Dotado de reflexos felinos e mãos rápidas  como relâmpagos, com 1,78 metros, altura para 67 kg. de peso, o campeão que foi aclamado como o mais completo e gracioso lutado de Boxe dos últimos tempos, condensa uma rara combinação de eficiência e beleza plástica em combate.
O que poucos sabem, todavia, mesmo no meio das artes marciais, é que Leonard procurou imitar o estilo de luta do Bruce Lee, um dos seus maiores ídolos- "Lee era um artista" - disse Leonard - " e como ele, eu quero que minhas lutas sejam vistas como um desempenho que tenha começo, meio e fim.
Leonard acumulou um record amador de 155 vitórias e 5 derrotas antes de entrar para os jogos Olímpicos de 1976 e conquistar a medalha de Ouro. a partir daí construiu uma carreira profissional brilhante, durante oito anos, antes de retirar-se devido a um problema de deslocamento de retina. Voltou ao ringue em 11 de maio de 1984, em Worcester, Massachussets quando venceu, mas foi derrubado pela primeira vez, anunciando então um novo abandono do Boxe. Todavia retornou para enfrentar o maior desafio de sua carreira, o Marvin "Marvelous" Hagler e vencer espetacularmente num show de profissionalismo e beleza que durou 12 rounds.
Aos 30 anos de idade o fenômeno de Silver Springs, se tornou o indispensável comentarista de boxe das redes CBS e HBD norte-americana. Seu record profissional é de 34 vitórias e 1 derrota com 24 nocautes, tendo sua única derrota ocorrida nas mãos de pedra de Robert Duran, que vingou na revanche. Mas sua carreira profissional também pode ser estimada em números...grandes números! Leonard ganhou 1 milhão de dólares para vencer o rei do peso meio-médio Wilfredo Benitrez; 2,5 milhões de dólares para nocautear Ayub Kalule e conquistar a coroa júnior peso médio; 17 milhões de dólares por suas lutas com Duran; 11 milhões de dólares pela unificação do título peso meio-médio no combate em que nocauteou Thomas Hearns no 14º round, quando mais de 100 milhões de espectadores assistiram sua performance; e mais 11 milhões de dólares pelo confronto contra Hagler em Las Vegas....Continua na próxima postagem..Matéria retirada da Antiga revista extinta Faixa Preta.

SEMINÁRIO DE CHOY LEE FUT E TAI CHI EM MANAUS

Vai acontecer mais dois seminários em Manaus no mês de outubro. Nos dias 13 e 14 de outubro de 2012 respectivamente estaremos realizando dois Seminários: CHOY LEE FUT e TAI CHI CHUAN com o Mestre Lap Wah Ng, em ambos os Seminários as inscrições poderão ser feitas pelo blog da AKWAG, no link, INSCRIÇÃO SEMINÁRIO, ou diretamente na Sede da Associação, que está localizada na Rua Joaquim Sarmento, 344, Centro, Segundo Andar Sl.1, Fones:(92)3087-4886/ 9199-5375, para ambos os Seminários os participantes que se inscreverem até 30/09/12 o valor da Inscrição será R$ 100,00 e após até 10/10/12, o valor será R$ 130,00. O Seminário deverá acontecer na Sede da AKWAG.

5 de set de 2012

Benefícios do Kung Fu e das Artes Marciais para Crianças


Estudos tem reconhecido que as crianças que estão envolvidas em atividades físicas, conseguem dormir melhor e são mais capazes de lidar com os desafios físicos e emocionais dentro de suas vidas.  O Wushu Moderno, Arte Desportiva do Kung Fu se concentra em atingir as principais áreas de desenvolvimento das crianças e em ativar sua aprendizagem através da exploração, entusiasmo, criatividade e maestria:
Fisicamente, ele incentiva movimento e controle de habilidades motoras, a coordenação e o equilíbrio. Ele ajuda a construir ossos saudáveis ​​e músculos fortes, melhora a força muscular, flexibilidade e resistência.
Intelectualmente, ele eleva o desenvolvimento do pensamento e da aprendizagem através da aquisição e estimulação das habilidades, incluindo a memória, concentração, audição e raciocínio.
Linguisticamente, promove o desenvolvimento da linguagem através do uso de habilidades de comunicação verbal e não verbal.
Emocionalmente, centra-se em três componentes para elevar a autoestima do seu filho ou filha, o sentimento de respeito, a sensação de domínio e os sentimentos de auto eficácia.. O sentimento de respeito é ensinado para as crianças por seus pares e seus instrutores.
A maestria ocorre quando as crianças realizam e alcançam novas habilidades dentro do programa da AKWAG.
Auto eficácia ocorre quando as crianças conseguem completar as suas realizações e a conquista do sucesso em aprender novas habilidades.
Moralmente, ajuda as crianças a aprender a existência de regras, e como obedecer, em um ambiente controlado.
Aqui na AKWAG em MANAUS através do exercício físico, ensinamos a criança a ganhar autoconfiança, uma oportunidade de interagir com os outros, bem como lições valiosas em legítima defesa pessoal durante todo o tempo do aprendizado da arte incrível e eficaz que é o  Kung Fu.
Para as crianças a partir de 5(cinco) anos de idade, temos classes de Kung Fu e programas que depois da escola são uma alternativa interessante e divertida de esportes mais tradicionais.
Os nossos instrutores de Kung Fu durante o treinamento dos pequenos  estão empenhados em fornecer um ambiente positivo com idade de programas adequados para que todas as crianças possam alcançar seu pleno potencial .

Nossas postagens populares