banner2018

banner2018

Seguir

Google+ Followers

IMPERDIVEL!!!!

siga por e-mail

17 de set de 2010

O AMAZONAS NO CAMPEONATO BRASILEIRO

XXI CAMPEONATO BRASILEIRO DE KUNGFU/WUSHU

Depois do sucesso do obtido pelos atletas brucelianos no XXIV CAMPEONATO AMAZONENSE DE KUNG FUWUSHU os atletas da A.B.L.K. W intensificam os treinamentos para participar no período  de 22 à 26 de setembro no XXI CAMPEONATO BRASILEIRO DE KUNG FUWUSHU que ira acontecer em São José dos Campos, SP.

Os atletas da A.B.L.K.W irão representar o estado do Amazonas  nesta competição pela oitava vez, dentre os destaques temos no infantil as atletas CLARICE CABRAL ABRANTES (11 anos) e RENATA CABRAL ABRANTES(13 anos) ambas ranqueadas junto a CBKW, Confederação Brasileira de KungFu/Wushu, os atletas MANOEL GOMES JUNIOR(9 anos) e CARLOS ROBERT ALVAREZ( 14nos) campeões amazonenses que irão participar pela primeira vez.

Dentre os atletas acima o destaque é Renata Cabral Abrantes que vai competir em cinco modalidades que são CHAN GQUAN(Punhos longo do norte), NANQUAN(Punhos do Sul), GUNSHU(Bastão do Norte), DAOSHU(Facão do Norte) e QIANGSHU( Lança do Norte).

 No adulto feminino ira a atleta INGRID SANTOS PEREIRA também ranqueada que vai competir em rotinas (taolus) mãos do sul com a rotina compulsória avançada denominada de NANQUAN e TAIJIQUAN forma de 24, na luta SANSHOU, teremos dois atletas que são DAVID CORDOVIL DA SILVA categoria adulto masculino, 65 kgs, e FILIPE MAGNO AROUCHE DE OLIVEIRA, também categoria adulto masculino, 70 kgs.




Filipe Magno, Categoria 70 kgs
.David Cordovil, categoria 65 kgs, também campeão no absoluto.

8 de set de 2010

Ass. Bruce Lee no Workshop em Fortaleza!

Aconteceu nos dias 4 e 5 de setembro em Fortaleza o Workshop e o Curso de Nivelamento Técnico em Sanshou, estes cursos foram realizados pela CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE KUNGFU/WUSHU-CBKW e promovidos pela FEDERAÇÃO CEARENSE DE KUNGFU, participaram deste os representantes das Federações do Norte e Nordeste do nosso País, os ministrantes foram: o professor João Guedes Diretor Técnico de Sanshou da Confederação Brasileira e o Mestre Nereu Graballos.
Do Amazonas foram participar os professores: ARI GALVÃO da (Associação Bruce Lee de KungFu/Wushu), ANTONIO RUBENS E JOSÉ VASCONCELOS da (Ass. De KungFu/Wushu Saholin do Norte) e os instrutores: CARLOS ALBERTO RIBEIRO da (Ass. De Artes Marciais Chinesas do Amazonas), DAVID CORDOVIL DA SILVA e FILIPE MAGNO OLIVEIRA da (Ass. Bruce Lee de KungFu/Wushu) e ATRACH NASCIMENTO da (Ass. De Kung Fu Wushu Shaolin do Norte).
O porque da necessidade de todos os estados brasileiros estarem participando destes cursos? A CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE KUNGFU/WUSHU, vem desde 2008, implementando e organizando um sistema de graduação único para formação de professores e instrutores em SANDA ou SANSHOU, de forma a universalizar no País junto as Federações filiadas a mesma didática de ensino e qualificação de todos os atletas desta modalidade, como a modalidade tem crescido muito no País, hoje o Brasil desponta com atletas de altíssima qualidade neste esporte, a confederação junto com as federações empenham-se para que os campeonatos regionais e nacionais possam realmente preparar atletas para representar melhor nosso País nas competições internacionais(CAMPEONATOS SULAMERICANOS, PANAMERICANOS E MUNDIAIS).
Agora para que um atleta possa participar a partir de 2011 de um campeonato brasileiro é necessário que o mesmo esteja adequado ao novo sistema de graduação da CBKW, este sistema funciona mais ou menos assim, o mesmo está dividido em nove fases representados por estrelas, nas quatro primeiras fazes os atletas fazem as avaliações nas suas Associações de origem, a quinta fase a avaliação é feita pela Federação Estadual e a partir da sexta fase até a nona as avaliações serão feitas pela CBKW.
Acreditamos que desta maneira o Sanshou deverá ser uma modalidade que se profissionalizará muito rápido, fazendo com os seus instrutores e professores possam estar sempre melhorando a sua qualidade técnica e de seus atletas, com isso a CBKW acredita que todos sairão ganhando e além destas qualificações ainda haverá a formação de Técnicos.
A outra boa notícia é que em 2013 vai acontecer no Brasil o primeiro Campeonato Mundial de Sanshou. Os cursos foram muito bons teve a presença de aproximadamente sessenta pessoas que foram graduadas até a sexta fase da modalidade.  Vale salientar que para que uma associação possa graduar um atleta em sanshou é necessário que a mesma tenha um professor ou um instrutor qualificado pela CBKW.

QUEBRANDO AS CORRENTES DO KUNG FU NO BRASIL!


OLIMPÍADAS JÁ!

Apesar de vivermos em um país livre, democrático e que tem uma Constituição que garante a liberdade, a livre expressão do pensamento, liberdade de religião, de expressão cultural e de opinião, assim  como em outros setores, ainda aparece no  círculo de desenvolvimento do Kung fu/Wushu do Brasil professores que ignoram essa feliz condição. Eles vivem como se fossem donos dos sistemas, dos estilos, dos artistas marciais, dos atletas, das federações e das confederações, não aceitam e não querem aceitar que os preceitos básicos do kung fu estão alicerçados em uma filosofia de busca do conhecimento e do autoconhecimento, de humildade diante do universo e da vida, e respeito por todos, sejam mais fortes ou mais fracos em quaisquer termos.
O kung fu/Wushu nasceu não se sabe ao certo onde, mas com certeza foi a China que o transformou no que ele é hoje, por isso é de lá que partem as regras para a organização desta modalidade no mundo. Nestes tempos modernos, a própria China, comunista que é, consideravelmente fechada ao estrangeirismo, entende que o kung fu tornou-se, irremediavelmente, patrimônio da humanidade. Logo, este negócio de “único” representante de estilo, de dono de sistemas é “balela”, conversa “fiada” para quem é desinformado ou mal informado.
O WUSHU MODERNO quebra essas amarras e mostra que toda lambança de super-poderes, super-técnicas de tudo mais é coisa de filme.
Vou contar um causo. Aconteceu com duas alunas da minha Associação, ao visitarem uma outra Associação, para participarem de uma apresentação, elas precisaram usar os banheiros para colocarem as roupas de apresentação. Dirigindo-se para lá, passaram próximo a um professor que estava fazendo exercícios de GiGong (Exercícios respiratórios) também chamados Chi Kung, um instrutor pediu a elas que não passasse muito próximo ao referido professor, porque se assim fizessem cairiam desmaiadas devido ao fato de mesmo retirar delas toda a sua energia. Como elas não são de conversa mole, resolveram enfrentar o perigo assim mesmo, passaram. Resultado, continuaram andando, foram ao banheiro e voltaram, caíram sim, mas foi de  tanto rir da besteira que aquele instrutor havia falado para elas, depois vieram me contar tal fato.
Assim como esse instrutor muitas vezes chegam pessoas na minha associação querendo aprender a voar, subir nas paredes, desaparecer e tudo mais. Valha-me Deus! Quanto besteirol.
Recentemente tive a surpresa de presenciar um amigo, mestre renomado no mundo das Artes Marciais Chinesas, perder a paciência com um professor que insistia em perturbá-lo, questionando-o sobre esses super-poderes.
Hoje o mundo moderno tem mostrado que o que mais importa é o esporte, quer gostem ou não o WUSHU MODERNO chegou para ficar, e com ele tudo mais.
Os verdadeiros Mestres de Kung Fu são importantes, os estilos tradicionais de kung fu são verdadeiros tesouros e, como dizia o grande mestre Bruce Lee, “no princípio um soco era somente um soco e um chute era somente um chute, depois um soco deixou de ser um soco e um chute deixa de ser um chute, finalmente um soco volta a ser um soco e o chute volta a ser um chute”, porém o mais importante é o principio moral que este professor passa a você. Repreender, perseguir ou desdenhar de algo que não se conhece, é tolice.
A profissão de professor de kung fu ainda não é reconhecida no País e a função pode ser exercida por qualquer pessoa que tenha aprendido com um genuíno mestre de kung fu ou com alguém que, por ignorância ou má fé, insisti em querer criar algo que já foi criado. A Constituição garante o livre exercício da função desde de que não fira os direitos dos outros, no fundo são a sociedade e as entidades representativas, como as Federações e Confederações, que vão definir quem é quem, e tudo isso alicerçado nos princípios  mais elementares da ÉTICA, da MORALIDADE, da LIBERDADE, da MARCILIDADE e da ESPORTIIDADE.
O WUSHU MODERNO já é OLÍMPICO, agora estar nas Olimpíadas é só uma questão de tempo e de política. Como diz JET LI, famoso artista marcial chinês, não importa quanto tempo leve para isso, mas nós do kungfu/wushu, vamos atrás deste direito e conquistá-lo é só uma questão de tempo.
Então meu amigo professor, instrutor de kung fu, pare para pensar em como você está desenvolvendo o seu trabalho, o povo está de olhos abertos e, com o advento da internet, as informações estão a alguns toques de dedos. Como mágica, um dia o aluno, o discípulo acorda e o teu amanhã dependerá do quão honesto e coerente você foi com ele.

7 de set de 2010

XXIV CAMPEONATO AMAZONENSE - SHOW DE KUNG FU!


Pois é meus amigos e amigas, mais uma vez os atletas da Bruce Lee mostram que praticar kug fu é coisa séria só não vê quem não quer:
EQUIPE INFANTIL: MANOEL GOMES JR., CLARICE CABRAL, RENATA CABRAL E CARLOS ROBERT ALVAREZ, foram campeões em Wushu Moderno;
EQUIPE ADULTO FEMININO: INGRID PEREIRA SANTOS campeã em Wushu Moderno e Tai Chi Chuan;
EQUIPE ADULTO MASCULINO – TRADICIONAL: EDGARDO SPONTON, EIJI MAEDA, DAVID CORDOVIL, FILIPE MAGNO E RICARDO MONTEIRO, campeões em Shaolin Garra de Águia;
EQUIPE ADULTO MASCULINO: DAVID CORDOVIL E FILIPE MAGNO, campeões em SANSHOU categorias 65 e 70 kgs.
E pra fechar a noite de forma exemplar o atleta DAVID CORDOVIL sagrou-se campeão em SANSHOU ABSOLUTO.
Agora os atletas da Bruce Lee se preparam para participar do XXI Campeonato Brasileiro de Wushu Moderno, que irá acontecer no período de 22 a 26 de Setembro em São José dos Campos em São Paulo. Todos estão muito esperançosos de trazer mais algumas medalhas para o Amazonas, a equipe está desfalcada, falta a atleta Valeska Silveira que agora é concurseira e esta focada nos estudos, mais logo logo ela volta aos treinos, é só passar nos concursos da vida e vamos lá. Ela ainda tem tempo.
Sempre nos perguntam como a gente consegue viajar, pagar passagens, inscrições, hospedagem, alimentação e transportes nos locais de competição? A resposta é simples, Como patrocínio do governo é igual a disco voador todo mundo acha que existe mais ninguém vê, então os atletas da Seleção Amazonense não estão preocupados com isso, na realidade o que vale mesmo é o PAITROCINIO ou a MÃETROCINIO ou RECURSOS PROPRIOS e não adianta correr atrás dos políticos, por que os que já estão eleitos não estão nem ai para o esporte e os que não estão não podem fazer nada, por não terem verbas nem para as suas campanhas, logo o melhor é pedir ajuda a Deus e aos amigos e correr atrás do sonho de tornar o Amazonas também um Campeão em Kung Fu.
Tem muita gente que acha que tudo isso é brincadeira, não sabem que por traz de tanto esforço tem suor, sangue, lagrimas e muito treinamento dos atletas, e que esses atletas não estão somente atrás de medalhas, troféus ou de passear como já ouvimos de muitos secretários de esporte, na realidade estão atrás de garantir um futuro melhor para si mesmos e seus familiares. Para quem não sabe apesar de todas as promessas de secretários de estado e do município de ajuda aos atletas, na realidade nada acontece e quando acontece é com a verba do governo federal, através do Programa Bolsa Atleta.